Sebo Capricho

Parcelas até 12x no cartão

Entregas para todo o Brasil

Entregas de Moto Táxi para Londrina

Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581
BLOG

O maior acervo de livros usados do Paraná

Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
Vamos ler e escrever mais crônicas?
Toda Rede
29 de Janeiro de 2021

 

 A crônica é um gênero literário democrático que cativa leitores de diferentes estilos. Por essas características, foi escolhida para inaugurar o laboratório de literatura do Sesc Cadeião em Londrina. O curso "A arte da crônica" será ministrado pela professora e escritora Samantha Abreu, de 3 de março a 26 de maio, com custo de R$ 43,00 para público geral e R$ 28,00 para o trabalhador do comércio, incluindo prestadores de serviço. Serão 12 encontros de uma hora cada, sempre às quartas-feiras. Após o encerramento deste módulo, serão oferecidos cursos sobre outros gêneros. 


Saiba mais sobre o laboratório de literatura do Sesc

https://www.sescpr.com.br/curso/a-arte-da-cronica-laboratorio-de-literatura/turmas/sesc-londrina-cadeiao/


Como será o curso


Samantha é escritora, professora e mestre em literatura brasileira pela Universidade Estadual de Londrina. Autora dos livros Fantasias para quando vier a chuva (2011); Mulheres sob descontrole (2015); A pequena mão da criança morta (2018) e Debaixo das unhas (2020), ela preparou um curso dinâmico que vai mesclar teoria e prática. 


Os alunos, portanto, serão incentivados a se aprofundar sobre discurso literário, teorias e crítica literária relacionada às crônicas. “Vamos falar sobre uma característica específica que é o olhar sobre o cotidiano. Essa é a principal ferramenta do escritor de crônicas, que precisa manter o olhar sensibilizado para o dia a dia”, explica. 


Na parte prática do curso, serão explorados os gatilhos para a escrita e propostos exercícios práticos de análise e escrita de textos. Os alunos também vão ler e debater autores e autoras como Machado de Assis, Rubem Braga, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos, Rachel de Queiroz, Cecília Meireles e Eliane Brum.


 

7edd9990-82b6-494b-bdd8-b155c45e6a1b.jpg
Créditos: Arquivo pessoal

 Os encantos da crônica

Samantha conta que sua predileção pela crônica deriva do fato de ser um gênero popular e acessível. Ela não considera, porém, que se trata de um gênero fácil. “ Uma crônica bem escrita tem tantas camadas literárias quanto um poema, um conto ou um romance”, pondera.

 

A escritora lembra que o berço da crônica é o jornal e a popularidade vem dessa característica, visto que tal mídia preza pelo acessível e pela linguagem fluída. 

 

“Além disso, permite um diálogo mais direto com as pessoas, inclusive com quem não tem formação profunda como leitor. E, para quem gosta de escrever, possibilita um diálogo direto com quem lê.”

 

Um bom escritor tem que ser também um bom leitor, por isso, se você tem vontade de se tornar um cronista, leia!

 

Samantha selecionou cinco autores que merecem sua atenção no universo das crônicas, acompanhe!

   

Clarice Lispector

Samantha recomenda a leitura de “A descoberta do mundo”, da centenária Clarice Lispector, cujas belíssimas crônicas muitas vezes transpõem limites tênues do conto com o peculiar olhar subjetivo e filosófico da autora.

 

Cecília Meireles

Mais conhecida pela sua produção poética, Cecília Meireles foi uma grande cronista, tendo  publicado riquíssimas crônicas de educação. Samantha recomenda a leitura, também, dos volumes de crônicas de viagens escritos por Cecília, que trazem um olhar sensível e lírico sobre viagens realizadas pela autora. 

 

Rubem Braga

Rubem Braga é considerado o maior cronista da literatura brasileira. Samantha considera um autor de leitura fundamental e recomenda “A traição dos elegantes”, livro de crônicas que traz o olhar de Rubem Braga sobre o Rio de Janeiro, onde viveu a maior parte da vida. “São crônicas poéticas lindíssimas sobre a beleza da vida no Rio de Janeiro.” 

 

Rachel de Queiroz 

Antes mesmo de renomados cronistas começarem a escrever, Rachel de Queiroz teve publicada uma antologia com suas cem melhores crônicas. “A autora escreveu crônicas lindíssimas sobre memória e resgate do patrimônio, com grande influência da vida no interior e de regionalismos.” 

 

Affonso Romano de Sant'anna

Samantha recomenda o autor porque sua obra traz a discussão de temas delicados, como a vida, a morte e as relações familiares, de forma singela e sensível, com metáforas muito bonitas. “É algo que precisamos nos dias de hoje.”


Compartilhe:
Deixe um comentário