Sebo Capricho
Parcelas até 12x no cartão
Entregas para todo o Brasil
Entregas de Moto Táxi para Londrina
Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581
BLOG
O maior acervo de livros usados do Paraná
Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
O encanto dos contos de fadas
Toda Rede Comunicação
10 de Janeiro de 2020

Ler contos de fadas faz parte da infância. Normalmente as histórias são populares e atraem a atenção das crianças porque apresentam personagens encantadores, fantásticos e folclóricos. Quem nunca se assustou com Os três porquinhos ou torceu pela “Chapeuzinho Vermelho” ou se encantou com os finais felizes das princesas?

 
Além de serem boas dicas de leitura para distrair os pequenos durante as férias, essas histórias também podem contribuir para o desenvolvimento social e psicológico das crianças. “As crianças que escutam ou lêem os contos de fada se identificam com o herói ou heroína que são obrigados a sair em jornada em busca de algo e nessa busca acabam crescendo e descobrindo talentos que não sabiam que tinham”, descreve o psicanalista Sylvio Schreiner. Nessas histórias, lembra o especialista, os personagens sofrem várias provações, mas conseguem superá-las e, no fim, vencer. “Há perdas, mortes, abandonos e outras coisas que precisam ser vencidas nesses contos e eles demonstram que a frustração faz parte da vida, porém que se houver persistência pode-se triunfar”, observa.
 
Viver, lembra Sylvio, é uma grande jornada tal qual os contos de fadas. E apesar de na vida real não existirem fadas, bruxas ou monstros, conhecemos bem o sofrimento e ele faz parte da natureza humana. “A frustração, seja nos contos ou na vida real, está sempre presente e exige que lidemos com ela da melhor maneira possível”, relata o psicólogo, pontuando que nessa jornada que é viver podemos descobrir muito sobre nós mesmos, vencer obstáculos e crescer.
 
O psicanalista reforça que os contos de fadas são importantes para nutrir a imaginação das crianças. E lembra que os verdadeiros contos falam de uma verdade psíquica. Hoje em dia, destaca, se vê muita gente “adocicando” essas histórias. “Tem escola que está fazendo a Chapeuzinho Vermelho ficar amiga do lobo mau e no final da história todos saem dançando juntos. Mas isso não é o verdadeiro conto de fadas”, lamenta. O verdadeiro tem agressão, é violento, tem reviravoltas. Tudo o que faz parte da vida. E isso, reforça Sylvio, não incentiva as crianças a serem violentas, mas sim a saber que existem perigos nessa vida e que ela precisa se preservar. Metaforicamente, segundo ele, no mundo também existe lobo mau, nem todo mundo é bonzinho nessa vida. 
 
Então, além de viverem a magia dessas histórias, os pequenos também podem aprender muito com todas elas. E no site do Sebo Capricho é possível encontrar muitas delas. Boa leitura!
contos-de-fadas.jpg
Créditos: Pixabay
Compartilhe:
Deixe um comentário