Sebo Capricho

Parcelas até 12x no cartão

Entregas para todo o Brasil

Entregas de Moto Táxi para Londrina

Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581
BLOG

O maior acervo de livros usados do Paraná

Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
O Carnaval e suas histórias
Toda Rede Comunicação
20 de Fevereiro de 2020

É tempo de Carnaval! Tempo de dançar, festejar e viver umas das festas populares mais importantes do Brasil. De tão importante, por vezes foi parar também nos livros. Da ficção às obras históricas, tem muita literatura que aborda o tema. E para você que quer conhecer um pouco mais sobre essa festa mágica, separamos três livros.

 
Logo de cara uma obra clássica: O País do Carnaval. O primeiro romance de Jorge Amado, um dos maiores autores brasileiros, o livro foi publicado na década de 1930. A crítica social, a investigação sobre essa imagem festiva do Brasil, o racismo, a miscigenação, figuras populares e Carnaval são temas abordados na obra, cuja história tem como personagem central um brasileiro que estudou na Europa e que não se identifica com o País. Rigger tem uma relação de estranhamento com o Brasil do Carnaval e acredita que a festa popular mantém o povo alienado, é uma fonte de atraso. Na época do lançamento, o livro foi considerado subversivo e queimado em praça pública em Salvador pela polícia da ditadura do Estado Novo, em 1937. 
 
“Desde que o samba é samba” é nossa segunda sugestão. Uma obra mais recente de 2012, escrita por Paulo Lins, que já havia conquistado os leitores com “Cidade de Deus”. No novo livro, o autor lembra momentos da formação da cultura brasileira através do samba, da aparição da Umbanda e do modo de vida brasileiro no Rio de Janeiro dos anos de 1928 a 1931. São diversos personagens que trazem a realidade da cidade maravilhosa daquela época e estão envolvidos na fundação do primeiro bloco de Carnaval, da escola de samba Deixa Falar. Na cadência do samba e de tantas referências históricas, também fazem parte do enredo a prostituição, relacionamentos conturbados, sexo e violência.
 
Agora um clássico da literatura dramática: Orfeu da Conceição, de Vinícius de Moraes, é uma releitura do mito grego de Orfeu e Eurídice, transportados para a realidade dos morros cariocas. Uma história de amor proibido entre um sambista e sua amada e com fim trágico em pleno feriado de carnaval. O mito de Orfeu reúne os principais temas poéticos da obra de Vinicius: a aliança entre a música e a poesia, a presença marcante da mulher, a obsessão pela morte e a fé no amor absoluto. A peça foi montada em 1954 e se transformou em um marco do teatro nacional. Marcou também o início da parceria entre Vinícius e Tom Jobim, que foi o responsável pela música do espetáculo.
 
Vale a pena escolher uma dessas obras para conhecer mais sobre essa tradicional festa brasileira.
Boa leitura!
carnaval.jpg
Créditos: Pixabay
Compartilhe:
Deixe um comentário