Sebo Capricho
Entregas para todo o Brasil

Parcelas até 12x no cartão

Entregas de Moto Táxi para Londrina

Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581

O maior acervo de livros usados do Paraná

Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
Dia da Consciência Negra: 5 livros para entender o racismo
Toda Rede
12 de Novembro de 2021

 

O Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, é uma data para nos lembrar sobre a importância da representatividade negra na sociedade. No Brasil, o racismo contra pessoas pretas é um problema endêmico e estrutural que causa exclusão, desigualdade social e violência. Por isso, debater essa questão é muito importante para a construção de um país mais diverso e justo. 

Mas… o que significa racismo e o que ele provoca na nossa sociedade? Em resumo, o racismo refere-se à discriminação e ao preconceito contra pessoas ou grupos em razão de sua etnia ou cor. 

No Brasil, o racismo é considerado crime, mas isso não impede que atitudes discriminatórias contra negros continuem sendo praticadas. Elas ocorrem por meio de ações violentas ou pelo chamado racismo institucional, que limita a garantia de direitos a essa parcela da população.

Há, ainda, o chamado racismo estrutural, percebido no conjunto de práticas, hábitos, situações e falas embutido em nossos costumes e que promove, direta ou indiretamente, a segregação ou o preconceito racial. 

Saber mais sobre as origens e consequências do racismo é importante para combatê-lo e promover uma sociedade mais justa. Por isso, separamos quatro livros para você se aprofundar no tema. 

1 -Racismo estrutural - Silvio Almeida

O conceito de racismo institucional, desenvolvido nos anos 70 por Kwame Turu e Charles Hamilton, diz que o racismo está além das ações dos indivíduos, ele está infiltrado nas instituições e na cultura, prejudicando as pessoas negras. Partindo desse conceito, o autor Silvio Almeida mostra dados estatísticos e discute a manifestação do racismo na estrutura social, política e econômica da sociedade brasileira. 

2 - Como o racismo criou o Brasil - Jessé Souza

Em “Como o racismo criou o Brasil”, o sociólogo Jessé Souza, por meio de uma abordagem multidimensional, mostra como o racismo sempre foi a principal causa da desigualdade na sociedade brasileira, expondo que o racismo é, na verdade, a causa de todo o atraso social, econômico e político do Brasil.

3 - Como ser antirracista - Ibram X. Kendi

Antirracismo é um conceito capaz de reorganizar as discussões sobre racismo, por meio dele, percebemos novos modos de pensar sobre os outros e sobre nós mesmos. Em seu livro, Kendi, por meio de ideias antirracistas, leva os leitores a compreenderem as formas de racismo e suas consequências, os incentivando a se oporem ao racismo no sistema e em nós mesmos.

4 - Amoras - Emicida

Em “Amoras”, primeiro livro infantil do rapper Emicida, temas como negritude, representatividade, preconceito e autoconfiança são abordados. O autor mostra a importância de nos reconhecermos no mundo e termos orgulho de quem somos.

5 - O perigo de uma história única -Chimamanda Ngozi Adiche

Em adaptação de sua célebre palestra no TED Talk em 2009,  Chimamanda Ngozi Adichie propõe a ideia de diversificar as fontes do conhecimento e ter mais cautela ao ouvir somente uma versão da história.


negra.jpeg
Créditos: Projeto vetor criado por freepik
Compartilhe:
Deixe um comentário