Sebo Capricho

Parcelas até 12x no cartão

Entregas para todo o Brasil

Entregas de Moto Táxi para Londrina

Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581
BLOG

O maior acervo de livros usados do Paraná

Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
Como aprender filosofia, com Fábio Luporini
Toda Rede
12 de Agosto de 2020

O Dia do Filósofo é comemorado em 16 de agosto. Para celebrar a data, convidamos o jornalista e professor Fábio Luporini, de Londrina, para contar ao Blog do Sebo Capricho sobre como surgiu o interesse pelo assunto em sua vida. Muita gente pensa que filosofia é um tema muito complexo, mas Fábio garante que é possível incluir as reflexões filosóficas no dia-a-dia, desde que desenvolva-se o hábito da leitura.

“Deve-se começar a gostar de filosofia de outras formas, como por meio de discussões, filmes e séries”, aconselha. Ele também avisa que não adianta tentar ler sobre filosofia sem ter intimidade com os livros. “Primeiro, precisa existir o costume de ler. Depois é que podemos começar a ler sobre filosofia. Entretanto, não devemos começar a pelos clássicos, pois, têm uma linguagem difícil, complexa, no contexto da época em que viveram. Minha dica é iniciar com calma, com leituras mais básicas”, ensina.


Interesse surgiu no ensino médio


Fábio conta que se interessa por filosofia desde o tempo em que estudava o ensino médio. Na época, gostava de ouvir as aulas e, em casa, ler livros de ficção bastante filosóficos. “Lembro-me que ganhei um livro de uma tia, chamado “Ei! Tem alguém aí?”, de Jostein Gaarder . Esse livro me despertou o interesse e me abriu o universo filosófico que é, sobretudo, de questionar, de pensar, de não aceitar tudo como verdade”, recorda. Pela capa do livro, descobriu que o autor também escreveu “O mundo de Sofia. E aí uma coisa foi puxando a outra. 


Fábio lê de tudo sobre filosofia, sejam livros, apostilas, blogs ou reportagens. “Minha curiosidade me leva a pesquisar temas específicos e, também, a ler coisas aleatórias. Tudo é válido. E aí fico matutando todas essas coisas no pensamento durante dias. E vou interiorizando conceitos e teorias que fazem sentido, procuro aplicá-las no dia a dia, discutir com os amigos e fazê-los pensar, assim como os alunos”, relata. 


luporini.jpg
Créditos: Acervo pessoal

 

Filosofia para todos


As pessoas pensam que filosofia é difícil ou complicada, mas o professor garante que não é bem assim. “O problema é que nosso nível educacional e intelectual não é dos melhores, portanto, tudo o que nos faz pensar um pouco mais acaba se tornando complexo. Além disso, a filosofia entra em choque com paradigmas, certezas e dogmas. E ninguém quer ‘perder’ o chão ao colocar em cheque os pensamentos cristalizados. Então, nos distanciamos da filosofia. Mas, ao contrário, filosofia é para todos, é do dia a dia. Tudo nos faz pensar filosoficamente. Não estou falando apenas das teorias filosóficas dos pensadores consagrados, como os gregos antigos ou os modernos. A filosofia está mais no nosso dia a dia do que imaginamos. Por exemplo: boa parte das falas e pensamentos de Alvo Dumbledore, personagem de Harry Potter, foi inspirada em Aristóteles. Quando a criançada descobre isso, percebe que a filosofia está mais perto do que imaginamos. E que, mais que isso, ela é legal!.”


Fábio Luporini também recomendou quatro livros e uma série sobre filosofia que todos devem conhecer. Confira:


1 - O mundo de Sofia, de Jostein Gaarden

 

2-  Convite à filosofia, de Marilena Chaui

 

3 - O Livro da Filosofia

 

4 - Filosofia: e nós com isso?, de Mario Sergio Cortella

 

 

Não deixe de ver:


Série Merlí (Netflix), sobre o relacionamento de um professor de filosofia e seus alunos a partir de conceitos filosóficos clássicos.


Compartilhe:
Deixe um comentário