Sebo Capricho

Parcelas até 12x no cartão

Entregas para todo o Brasil

Entregas de Moto Táxi para Londrina

Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581
BLOG

O maior acervo de livros usados do Paraná

Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
Chico Buarque ganha o Prêmio Camões 2019
Toda Rede
30 de Maio de 2019

 Organizado pelos governos de Portugal e do Brasil, o Prêmio Camões acaba de anunciar o escritor, dramaturgo, compositor e cantor Chico Buarque como o vencedor de 2019. Um dos maiores reconhecimentos da literatura em língua portuguesa, o prêmio foi instituído em 1988 e em mais de três décadas entregou a honraria para 12 brasileiros. Chico Buarque é o 13º e vai receber 100 mil euros – a data de cerimônia de entrega ainda não foi marcada.

O vencedor do Prêmio Camões de Literatura é escolhido por ter "contribuído para o enriquecimento do patrimônio literário e cultural" por meio do conjunto da obra. Mais reconhecido como um dos grandes nomes da MPB, Chico Buarque vem conquistando sucesso e prêmios também como dramaturgo e escritor. Três de seus livros foram agraciados com o Jabuti: Leite Derramado, Budapeste e Estorvo.
 
chico-buarque-ganha-o-premio-camoes-2019.jpg
Créditos: Arte/Toda Rede

 Mas a produção literária de Chico Buarque vai muito além. Em 1970, lançou o livro infantil “Chapeuzinho Amarelo”, com ilustrações de Ziraldo. O primeiro romance, “Estorvo”, foi lançado em 1991 e o mais recente é O irmão alemão, de 2014. Num passeio pelas estantes do Sebo Capricho, ainda encontramos exemplares de Fazenda Modelo, uma novela de 1974.

 
Veja todos os vencedores da premiação:
 
 
1989 - Miguel Torga, Portugal
1990 - João Cabral de Melo Neto, Brasil
1991 - José Craveirinha, Moçambique
1992 - Vergílio Ferreira, Portugal
1993 - Rachel de Queiroz, Brasil
1994 - Jorge Amado, Brasil
1995 - José Saramago, Portugal
1996 - Eduardo Lourenço, Portugal
1997 - Artur Carlos M. Pestana dos Santos, o Pepetela, Angola
1998 - Antonio Cândido de Melo e Sousa, Brasil
1999 - Sophia de Mello Breyner Andresen, Portugal
2000 - Autran Dourado, Brasil
2001 - Eugênio de Andrade, Portugal
2002 - Maria Velho da Costa, Portugal
2003 - Rubem Fonseca, Brasil
2004 - Agustina Bessa-Luís, Portugal
2005 - Lygia Fagundes Telles, Brasil
2006 - José Luandino Vieira, Angola
2007 - António Lobo Antunes, Portugal
2008 - João Ubaldo Ribeiro, Brasil
2009 - Armênio Vieira, Cabo Verde
2010 - Ferreira Gullar, Brasil
2011 – Manuel António Pina, Portugal
2012 – Dalton Trevisan, Brasil
2013 – Mia Couto, Moçambique
2014 – Alberto da Costa e Silva, Brasil
2015 – Hélia Correia, Portugal
2016 – Raduan Nassar, Brasil
2017 – Manuel Alegre, Portugal
2018 - Germano Almeida, Cabo Verde
Compartilhe:
Deixe um comentário