Sebo Capricho

Parcelas até 12x no cartão

Entregas para todo o Brasil

Entregas de Moto Táxi para Londrina

Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581
BLOG

O maior acervo de livros usados do Paraná

Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
‘Na leitura tudo pode acontecer’
Toda Rede Comunicação
31 de Janeiro de 2019

 

Atriz, contadora de histórias, pedagoga, mãe e apaixonada por histórias! Assim se define Nina Brondi de Andrade Zinski, uma educadora que mantém no instagram o perfil  @Mardehistorias e no facebook a fanpage Meumardehistorias, ambas dedicadas à divulgação de literatura infantil.

 

Criada em uma família de educadores, Nina conta que os livros sempre fizeram parte da vida dela, mas a ideia de compartilhar dicas de leitura na internet surgiu quando começou a trabalhar como professora de leitura em uma escola. “Eu ficava mergulhada em uma biblioteca riquíssima, contava histórias e fazia um trabalho de indicação literária com os pequenos. Nessa biblioteca eu descobri livros que nunca tinham chegado à sala de aula. Histórias incríveis e desconhecidas. Eu percebi que os livros trabalhados e contados eram sempre os mesmos e decidi que queria muito apresentar novas histórias para os pequenos”, recorda.

Da vontade de estender o privilégio de ler bons livros para outras crianças surgiu o Mar de Histórias, que tem como público-alvo os pais e os professores em busca de novas histórias para encantar as crianças. “Depois que minha filha nasceu passei também a compartilhar a nossa experiência familiar de leitura com o intuito de mostrar que é algo simples e cotidiano e desmistificar a ideia da leitura  como momento sagrado”, acrescenta.

No dia a dia com as filhas, Nina conta que a exploração dos livros é livre! Vale ver as ilustrações, parar a história no meio, começar de trás para frente, inventar música, relacionar a imagem com algo … “Na leitura tudo pode acontecer”, avisa.

A seleção dos livros que ela recomenda é baseado em critérios pessoais. “Seleciono os que me movimentam internamente. Que instantaneamente me fazem pensar em algumas crianças. Alguns livros trazem consigo aquela pulguinha falante que lembra: nossa! Tal criança precisa conhecer essa história!”, revela.

Nina considera o Mar de Histórias um trabalho de formiguinha e, por isso, comemora cada novo seguidor. “Fico imensamente feliz quando entro na página e vejo alguém comentando: amiga, esse é o IG que comentei. Siga ele também, seu filho vai gostar!”, diz.

Ela revela que muitos seguidores a procuram pedindo dicas específicas para auxiliar o momento que estão vivendo, sejam eles medos, separação, amizades, chegada de um irmãozinho, dificuldade de compartilhar. “Outros me escrevem agradecendo as dicas e contando que a listinha de livros não para de aumentar”, comemora.


Confira agora as dicas da Nina para incentivar a leitura nas crianças:


 

‘na-leitura-tudo-pode-acontecer’.jpg
Créditos: Arquivo pessoal

 

1- Disponibilizar bons livros desde cedo é fundamental.

2 - A criança precisa ter acesso livre ao livro, manusear, beijar, pisar e levar pra onde quiser.

3 - Não basta ter o livro, mas aprender como usar, aprender a apreciar e a mergulhar no universo encantador da literatura.

4- A aprendizagem só acontece com a mediação do adulto, pois as crianças os admiram e, a partir do momento que percebem o encantamento e vínculo com os livros, elas se aventuram a fazer o mesmo.

5 - Aos adultos, vale a pena separar uns minutinhos do dia corrido para ler com prazer e encantamento o livro. Conversar sobre a história, apreciar as imagens, compartilhar a parte que mais gostou, falar sobre as sensações que teve ao ler.

6- Não leia por obrigação, mas  para que a criança goste de ler.

7 - Transforme a leitura em um momento de troca, de olhar de perto e sentir o cheirinho do seu pequeno. Não diga que falta tempo, não diga que tem muito escrito, não diga não! Se jogue! Mergulhe!

Deu vontade ler mais com crianças? Então navegue pelo site do Sebo Capricho em busca de novos títulos!

 


 

Compartilhe:
Comentários
Marci do Valle Brondi
Bom demais mergulhar nesse mMar de Histórias .. Minha filha Nina foi sempre uma boa leitora ...Agora acho que compartilhar histórias é como semear e produzir muiiiito .
Deixe um comentário